No passado mês de outubro decorreu em Buenos Aires (Argentina) o XXI Congresso Internacional de Nutrição (ICN, sigla em inglês), organizado sob a égide da União Internacional de Ciências da Nutrição (IUNS). O IUNS-ICN é uma reunião quadrienal que se realiza desde 1946 e, nesta ocasião, a 21.ª edição foi organizada sob o lema “Das Ciências para a Segurança Nutricional”.

Este é um encontro internacional cujo objetivo é promover o intercâmbio global de conhecimento e informação em Ciências da Nutrição ao longo de cinco dias, com um programa científico que incluiu “6 conferências em formato de Sessão Plenária, 40 conferências principais, 108 simpósios paralelos, 22 simpósios patrocinados e 18 simpósios satélite”. Durante o congresso, que reuniu um total de 500 oradores internacionais, foram apresentados mais de 2.000 trabalhos de investigação provenientes de 97 países, através de comunicações orais e posters.

Durante este encontro científico, os principais aspetos da nutrição foram abordados num ambiente multicultural, como por exemplo, “Progressos na investigação em matéria de alimentação e nutrição; Nutrição ao longo da vida; Nutrição e Meio Ambiente em Saúde Pública; Nutrição e Gestão de Doenças; Nutrientes e Avaliação Nutricional; Alimentos Funcionais e Compostos Bioativos; Práticas de Cultura Alimentar e Educação Nutricional, e Agricultura, Ciência dos Alimentos e Segurança”.

Em particular, as diferentes sessões do congresso examinaram as últimas investigações e resultados sobre “o impacto da nutrição na homeostase e metabolismo corporal, na ingestão alimentar e no estado nutricional da população e no indivíduo para a nutrição de precisão, bem como sobre o papel das prescrições alimentares na gestão e prevenção de doenças”. Além disso, o programa científico do congresso incluiu tópicos como “investigação baseada na evidência orientada para projetar e implementar estratégias e abordagens para mudar comportamentos alimentares e desenvolver políticas, bem como aspetos relacionados com questões de Saúde Pública, Educação Nutricional e Alterações Climáticas”, etc.

Além do mais, o Congresso Internacional de Nutrição acolheu, entre outros, o simpósio “Adoçantes: os seus benefícios e aplicações no Século XXI”, organizado pela Fundação para a Investigação Nutricional (FIN) e pela Fundação Espanhola de Nutrição (FEN). Neste encontro, os profissionais de saúde e nutrição analisaram e discutiram os temas relativos à segurança e benefícios dos adoçantes de baixas calorias num contexto de alternativas para a redução de açúcar, prevenção de obesidade, aplicações e utilização em alimentos e bebidas para pessoas com diabetes e outras questões relacionadas com a saúde.

Para aceder a todos os resumos do Congresso:
https://www.karger.com/Article/Pdf/480486]

IUNS21st International Congress of Nutrition Buenos Aires, Argentina, October 15–20, 2017.
Ann NutrMetab, 2017;71(suppl 2):1–1433;doi: 10.1159/000480486.