Desde que chegou a Portugal em 1977, Coca-Cola gerou um impacto positivo na sociedade portuguesa. Não só o aspeto meramente económico e laboral – com 237 milhões de euros de contribuição total, a sua atividade representa hoje em dia 0,13% de PIB e emprega cerca de 0,14% da população ativa – mas também contribui para o desenvolvimento social e ambiental do nosso país.

E um dos objetivos principais da Coca-Cola é ser uma Companhia global com grandes raízes locais. Coca-Cola não só gera emprego e receita diretamente através dos seus locais de trabalho mas também compra bens e serviços de fornecedores locais e as suas bebidas são vendidas através de uma ampla rede de distribuição que inclui supermercados, lojas, hotéis e restaurantes, que, por sua vez, geram emprego e receita.

Enquanto a Coca-Cola procura contribuir para a sociedade portuguesa, centra também os seus esforços na redução da sua pegada ambiental e na preservação do meio ambiente. Portanto, na sua estratégia ambiental, estabeleceu compromissos importantes em assuntos tão importantes como embalagens, água, clima e fornecedores.

Descubra o impacto socioeconómico da Coca-Cola em Portugal