No Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho), a ONU convida o mundo inteiro a ajudar a combater os resíduos de plástico. Cada ano, oito milhões de toneladas de plástico chegam aos nossos oceanos, ameaçando a vida aquática e destruindo os ecossistemas marinhos.

Para combater este problema, em janeiro de 2018 a Companhia Coca-Cola anunciou o seu objetivo ambicioso de recolher e reciclar o equivalente a cada embalagem que comercializa a nível global até ao ano de 2030. Um objetivo que faz parte da nossa visão em termos de embalagens sustentáveis. Um Mundo Sem Resíduos, que inclui investimentos de longo prazo para atingir outros objetivos igualmente ambiciosos, como o facto das nossas embalagens serem produzidas com 50% de material reciclado.

Os projetos da The Coca-Cola Company para recolher resíduos em todo o mundo

Mares Circulares
“Mares circulares” planeia recolher 250 toneladas de resíduos das nossas costas e fundos marinhos em 2018

A nível global, o Sistema Coca-Cola está a adotar a estratégia Um Mundo Sem Resíduos: repensar como as suas latas e garrafas são fabricadas, recolhidas e recicladas.

“O Sistema Coca-Cola está a demonstrar uma grande paixão por contribuir para um mundo sem desperdício. É inspirador ver a quantidade de mercados que implementaram iniciativas, estabeleceram metas e desenvolveram programas para avançar com os nossos compromissos de embalagens e reciclagem”, refere Ben Jorda, Senior Director of Environmental Policy na The Coca-Cola Company. “Os resíduos são um grande problema para o mundo e progredir nesse sentido exigirá que todos nós cumpramos a nossa parte. Juntos podemos fazer a diferença.”

Os avanços da Companhia Coca-Cola para Um Mundo Sem Resíduos
Graças à PETCO, a África do Sul atingiu níveis de reciclagem comparáveis aos europeus.

Outra região que está a fazer progressos significativos é a África Subsariana. Há dez anos, a Coca-Cola da África do Sul fundou e cocriou a PET Recycling Company (PETCO). É uma organização que promove e regula a reciclagem de PET, criando acordos para criar novos produtos a partir de PET reciclado.

Como resultado desses esforços, o país conseguiu aumentar a sua taxa de reciclagem de menos de 10% no ano 200 para 65% em 2017, números muito próximos dos europeus e mais de 20% superiores aos dos EUA.

Após o sucesso na África do Sul, a Companhia Coca-Cola está a ajudar a lançar um modelo semelhante no Quénia. Embora a indústria de reciclagem esteja em operação no país africano há muitos anos, esta é a primeira iniciativa conjunta para autorregular e alcançar uma abordagem sustentável para a reciclagem de PET.

Os avanços da Companhia Coca-Cola para Um Mundo Sem Resíduos
The Coca-Cola Company alcançou o hit de um milhão de caixas de reciclagem doadas nos Estados Unidos.

Nos estados Unidos, a The Coca-Cola Company e a The Coca-Cola Foundation, com a ajuda da Keep America Beautiful, da The Recycling Partnership e da The Closed Loop Fund, atingiram o marco de um milhão de resíduos reciclados em maio passado.

Desde 2007, a Fundação Coca-Cola apoia a Keep America Beautiful, que doa resíduos para a reciclagem para mais de mil comunidades em todo o país. Também concedeu bolsas de estudo para o The Closed Loop Fund e The Recycling Partnership, para promover a recolha seletiva de resíduos e formação em matéria de reciclagem em mais de 500 comunidades. Esses esforços combinados resultaram em mais de 300 toneladas de resíduos reciclados.

Para a Companhia Coca-Cola, o Dia Mundial do Meio Ambiente reflete o poder das pessoas de ser uma parte essencial das conversas e da procura de soluções para o nosso planeta. Enquanto Companhia, acreditamos que as nossas ações devem inspirar outros a procurar soluções para contribuir para um mundo melhor para as gerações futuras. É apenas através de ações coletivas, pequenas e grandes, que Um Mundo Sem Resíduos é possível.

Este artigo é uma adaptação de Coca-Cola Journey Global.