Os efeitos da desidratação ou de uma hidratação inadequada continuada fazem sentir-se no organismo a médio e a longo prazo, afetando os sistemas renal, digestivo, respiratório, circulatório e a própria cognição. É por isso fundamental assegurar o equilíbrio entre a ingestão e a perda de líquidos.

Consulte a opinião dos especialistas do Comité Olímpico de Portugal.

Ver comunicado de imprensa