Múltiplos fatores contribuem para o excesso de peso e a obesidade, sendo essencial para combatê-los dar prioridade à atividade física e evitar o sedentarismo. A alimentação deve ser pensada no seu todo, mantendo o equilíbrio entre o consumo e o gasto energético.

Saiba mais sobre a opinião do Dr. Rafael Urrialde PhD, diretor de Saúde e Nutrição da Coca-Cola Iberia, que se debruçou sobre este tema no Curso da Universidade Complutense de Madrid "Comer: culinária, nutrição e saúde".

Ver comunicado de imprensa