A Coca-Cola reforça a sua aposta nas bebidas sem açúcares através do lançamento de dois desafios na plataforma de crowdsourcing HeroX. O objetivo é atrair a inovação em torno dos adoçantes, e, para isso, a Companhia atribui um grande incentivo: um prémio monetário para os vencedores.

Robert Long, SVP e diretor de inovação da Coca-Cola, refere que a Companhia está satisfeita com a gama de adoçantes que utiliza atualmente na sua gama de bebidas sem açúcar ou açúcares adicionados. Para o diretor, as campanhas da plataforma HeroX apoiam o compromisso da Companhia de inovar e atualizar, de forma regular, o seu portefólio de bebidas, ao mesmo tempo que procura novos ingredientes para corresponder aos gostos e estilos de vida dos consumidores.

  • O “sweet story challenge” convida as pessoas de todo o mundo a enviarem, por escrito ou em vídeo, histórias engraçadas sobre os seus métodos preferidos e devidamente certificados de adoçar naturalmente alimentos ou bebidas nas suas culturas, comunidades ou famílias. Os participantes vão competir por 100,000 dólares de prémios em dinheiro, a atribuir até cinco vencedores individuais ou em equipa. Os vencedores serão anunciados em dezembro e só se aceitam histórias em inglês.
  • O segundo desafio, The sweetner challenge, é de perfil mais científico. Consiste no apelo à ação a investigadores e cientistas para encontrarem um adoçante de origem natural, seguro, baixo ou sem calorias, que crie a sensação do sabor do açúcar quando utilizado em bebidas e alimentos. O grande vencedor do prémio receberá um milhão de dólares em outubro de 2018.

“Estamos constantemente à procura de novos e melhores ingredientes e sabemos que as ideias incríveis podem surgir de qualquer lugar”, afirma Long. “Os dois desafios estão muito enraizados no nosso desejo de criar as bebidas que os nossos consumidores desejam beber, e na nossa vontade de olhar para além das paredes da nossa Companhia e avançar para inovar nas alternativas ao açúcar que nos permitem manter o sabor que as pessoas adoram, mas com menos ou sem açúcar.”

O projeto está a ser liderado pela Coca-Cola’s External Technology Acquisition Team (ETA), que explora e investe em ingredientes emergentes, materiais de embalagem, tecnologias de produção de bebidas e muito mais.                          

No início deste ano, a Coca-Cola anunciou planos para se tornar numa Companhia de bebidas total, reformulando a sua estratégia de crescimento e o seu modelo operacional, de acordo com a mudança dos gostos dos consumidores e dos hábitos de compra. James Quincey, que se tornou o CEO da The Coca-Cola Company no dia 1 de maio, afirma que a Companhia se irá concentrar em criar marcas “centradas no consumidor”, incluindo disponibilizar mais opções sem açúcares adicionados. E essa mudança, diz Quincey, exige uma disposição para desenvolver novas formas de trabalhar e inovar:

À medida que expandimos o nosso portefólio, estamos a abraçar uma mentalidade de tentativa e erro… Estamos a analisar o que os consumidores querem e a fazer ajustes no imediato. Porque, no final do dia, a velocidade e a agilidade são críticas nesta paisagem de consumo em rápida mudança.

Este artigo é uma adaptação de Coca-Cola Journey Global