Quando acabas de desfrutar de uma Coca-Cola, já pensaste naquilo que pode ser feito com a sua lata ou garrafa? Existem várias opções, como reciclar e colecionar. Mas as artesãs do projeto 5by20 demonstram que é possível converter estes materiais em algo muito mais criativo e valioso.

As artistas Jane Walker, Kathleen Plate, Ashia e Julie Burke e Kimberly Norkooli deram gás à sua imaginação e transformaram os pedaços de garrafas e latas de Coca-Cola em verdadeiros acessórios de moda e peças de decoração capazes de preservar o espírito intemporal da marca. Acessórios lindíssimos, malas e carteiras, cortinas, vestidos e lâmpadas são alguns dos exemplos que aqui partilhamos contigo. 

Um vidro “mágico”

Um vidro “mágico”

As obras de Kathleen hiptonizam qualquer pessoa. Porquê? Porque ela recria não só objetos de decoração como lâmpadas e cortinas, como acessórios e vestidos. As suas peças unem a funcionalidade e a sofisticação a partir do vidro reciclado.

Ela chamou a atenção da Coca-Cola quando a marca procurava uma artista que criava peças de vidro reciclado a partir de garrafas de Coca-Cola, para uma loja do museu World of Coca-Cola em Atlanta, inaugurado em 2007. A sua colaboração inicial consistiu numa coleção de acessórios com a legenda Bebe-a, Leva-a. O êxito foi de tal maneira imediato que ambas as partes decidiram trabalhar em conjunto.

“O vidro das garrafas de Coca-Cola, tão clarinho e radiante, é mágico: combina com tudo e todos; e, no caso da bijuteria, fica bem em qualquer tom de pele ou roupa. Não assenta mal em nada!” diz Kathleen Plate. “Coca-Cola é parte da nossa cultura e tem uma conexão nostálgica com todos nós.”

Pétalas de uma rosa

Pétalas de uma rosa

Ashia Burke e Julie, mãe e filha (respetivamente), trabalham juntas como desenhadoras e artistas. Julie, que desenhava acessórios antes de se associar com a sua mãe, trabalhava sozinha durante a noite e tomava bebidas com cafeína para se manter desperta. “Em vez de deitar fora as latas, pensei que podia utilizá-las para fazer bijuteria: tinha a matéria-prima ao meu lado e a ideia respeitava o meio ambiente”, conta Julie. De facto, Ashia relembra que a sua filha demonstra uma grande criatividade desde pequenina.

Em conjunto, começaram a aperfeiçoar uma técnica que transforma pedaços de lata em pétalas de rosa e asas de borboleta, ambas muito delicadas. “Oferecemos desenhos únicos e trabalhos de qualidade”, disse. O seu portefólio inclui outros elementos de moda como correntes, pérolas, diamantes de imitação e elementos vintage que dão aos objetos modernos um estilo antigo.

A inspiração que nasceu do cinema

A inspiração que nasceu do cinema

Kimberly Norkooli aprendeu, desde cedo, as técnicas necessárias para colorir o vidro, porque a sua mãe e o seu padrasto dirigem um negócio relacionado o setor. A estudante universitária rapidamente se apaixonou por este trabalho, o que a levou a fabricar bijuteria e a vender algumas peças. Mas ideia de utilizar elementos de Coca-Cola surgiu quando viu o filme Confissões de uma adolescente (Confessions of a Teenage Drama Queen). Norkooli ficou fascinada porque a personagem principal aparece com um colar feito com caricas de garrafas de Coca-Cola.

Começou por aprender como se fazem os furinhos nas placas, suavizando as suas bordas e, no final, conseguiu criar um desenho idêntico ao que tinha visto. “Houve sempre consumidores e fãs da Coca-Cola na minha família”, afirma. “Tenho muitas razões para utilizar estas caricas: são divertidas e bonitas, pertencem a uma marca mítica e, para além disso, consigo contribuir para um mundo mais ecológico”.

Artesanato com fins solidários

Artesanato com fins solidários


O que utiliza Jane Walker para criar bijuteria, bolsos e outros acessórios? Caricas das latas de Coca-Cola. Um savoir-faire que, através da organização de solidariedade que dirige – Purple Community Fund – já ajudou várias mulheres pobres das Filipinas. “Quando cheguei a Manila, vi como as mulheres e as crianças procuravam objetos desperdiçados nos aterros sanitários com potencial para serem reciclados e vendidos. Comecei a pensar em algumas formas sustentáveis de fazê-lo.”

A sua organização ajuda várias pessoas a recolher o maior número de caricas de latas possível, para que sejam convertidas em acessórios (como podes ver no vídeo abaixo) e vendidos online. As receitas são atribuídas a estas comunidades para melhorar a sua educação, saúde e empregabilidade. Fazer uma mala de caricas pode demorar cerca de 100 horas de trabalho.

 

“Tudo começou em 2008. Tinha uma amiga em Manila, cujo marido trabalhava na Coca-Cola. Na altura, expliquei que era possível fazer produtos diferentes e surpreendentes a partir das caricas das latas e perguntei se a Coca-Cola poderia-me ajudar a recolher mais, porque se tornou complicado para mim. Concordaram em receber-me e eu mostrei algumas das peças que sou capaz de realizar e assim nasceu uma colaboração que tem crescido ao longo do tempo.”

Hoje, Walker é uma das mulheres integrantes do programa 5by20 da Coca-Cola, que procura capacitar cinco milhões de mulheres empreendedoras em todo o mundo até 2020. Desde 2010, o projeto já conseguiu ajudar cerca de 1,2 milhões de mulheres em 60 países. 

Sarah Turner é uma das mulheres que integram o 5by20. No seu caso, cria umas magníficas lâmpadas de LED a partir do plástico das garrafas de Coca-Cola. Como vês, é possível dar um destino muito criativo ao material reciclado!