Nutrição

O imposto sobre refrigerantes é discriminatório

|

O Governo propõe o alargamento da tributação especial do consumo às bebidas açucaradas (incluindo os refrigerantes com outros edulcorantes). Somos a favor de impostos e de uma política fiscal justa, mas não podemos ser coniventes com impostos arbitrários e discriminatórios, que quebram a confiança das empresas nas instituições, abalam os investimentos e punem toda uma fileira empresarial com base em motivações de saúde manifestamente erradas. A

O imposto sobre refrigerantes é discriminatório

|

O Governo propõe o alargamento da tributação especial do consumo às bebidas açucaradas (incluindo os refrigerantes com outros edulcorantes). Somos a favor de impostos e de uma política fiscal justa, mas não podemos ser coniventes com impostos arbitrários e discriminatórios, que quebram a confiança das empresas nas instituições, abalam os investimentos e punem toda uma fileira empresarial com base em motivações de saúde manifestamente erradas. A

O problema da Obesidade é Multifatorial. Não pode ser imputado a uma só categoria alimentar

|

De acordo com um estudo implementado em Portugal em 2008 sobre a ingestão de macronutrientes, o contributo percentual médio de proteínas, hidratos de carbono, gordura total e etanol para a ingestão energética foi de 18,4%, 48,9%, 29,3% e 5%, respetivamente. A gordura foi o macronutriente sobre qual se observou uma maior prevalência de ingestão inadequada.  Ingestão de macronutrientes e de etanol em adultos Portugueses, Oliveira, Lopes,

O problema da Obesidade é Multifatorial. Não pode ser imputado a uma só categoria alimentar

|

De acordo com um estudo implementado em Portugal em 2008 sobre a ingestão de macronutrientes, o contributo percentual médio de proteínas, hidratos de carbono, gordura total e etanol para a ingestão energética foi de 18,4%, 48,9%, 29,3% e 5%, respetivamente. A gordura foi o macronutriente sobre qual se observou uma maior prevalência de ingestão inadequada.  Ingestão de macronutrientes e de etanol em adultos Portugueses, Oliveira, Lopes,

Combate à Obesidade: a nossa Solução

|

Apelamos ao Governo para que não avance com o imposto sobre as bebidas refrescantes e que inicie, em articulação com a indústria, uma avaliação completa do impacto socioeconómico da medida, que sirva de base a um futuro plano programa nacional de combate à obesidade.  Reforçamos a disponibilidade para trabalhar com o Governo na conceção de uma política eficaz de combate à obesidade, salvaguardando simultaneamente o legítimo

O nosso Compromisso com a Saúde

|

COMPROMISSO COM PORTUGAL, COM OS PORTUGUESES E COM OS NOSSOS 450 COLABORADORES: A Coca-Cola está presente em Portugal há 40 anos, com uma Fábrica no Distrito de Setúbal que é origem de 90% das bebidas da Coca-Cola consumidas no nosso país. Estamos comprometidos com Portugal, com os portugueses e com os cerca de 450 colaboradores de todo o sistema Coca-Cola. COMPROMISSO COM A REDUÇÃO DE CALORIAS:  Nos últimos 15 anos, a redução do consumo

O nosso Compromisso com a Saúde

|

COMPROMISSO COM PORTUGAL, COM OS PORTUGUESES E COM OS NOSSOS 450 COLABORADORES: A Coca-Cola está presente em Portugal há 40 anos, com uma Fábrica no Distrito de Setúbal que é origem de 90% das bebidas da Coca-Cola consumidas no nosso país. Estamos comprometidos com Portugal, com os portugueses e com os cerca de 450 colaboradores de todo o sistema Coca-Cola. COMPROMISSO COM A REDUÇÃO DE CALORIAS:  Nos últimos 15 anos, a redução do consumo

Soda Tax: A nossa posição

|

A Coca-Cola reconhece o desafio complexo que constitui o combate à obesidade e está, como sempre esteve, disponível e empenhada para desempenhar um papel ativo na busca de soluções para este problema que todos entendemos ser de origem multifatorial. Saudamos a ambição do Governo de encontrar novas formas para enfrentar este desafio. No entanto, a obesidade não pode ser resolvida através de uma abordagem restritiva, justamente

COCA-COLA EM REDES SOCIAIS

0
Likes
0
Tweets
12,493,026
Views